Notícias

Ariston Comfort Zone, um refugio no coração da Groenlândia para estudar as alterações climáticas

The Ariston Comfort Challenge. é uma incrível aventura cheia de emoções, obstáculos e surpresas, com o objetivo de assegurar o conforto a um grupo de cientistas num dos climas mais inóspitos do planeta, construindo uma base acolhedora e inovadora (a Ariston Comfort Zone), no coração da remota e gelada Ilha de Disko.

É na ilha de Disko na costa oeste da Gronelândia, que uma equipa de investigadores da universidade de Copenhaga,se dedica a recolher e examinar amostras fundamentais para o estudo das alterações climáticas. Até agora, devido às rígidas temperaturas e condições climáticas adversas e sem uma estrutura adequada, ficar na ilha mais do que alguns dias no inverno nunca antes foi possível.  Qualquer tipo de viagem, na verdade, é extremamente difícil.

No entanto, esta investigação é de extrema importânciauma vez que a variedade de dados coletáveis para a pesquisa é muito diferente, dependendo da estação do ano.

Para realizar a importante pesquisa relacionada com o clima, a equipa liderada pelo Professor MortenRasch, do instituto de Geociência e Gestão de recursos naturais da universidade de Copenhaga, necessitava de uma base estável no coração da ilha de Disko, um lugar onde as temperaturas variam entre os -20º e -50º nos meses de inverno. Um refúgio seguro para recolher todos os dados necessários, e simultaneamente obter o conforto e a proteção das condições climáticas extremas.

A missão,The Ariston ComfortChallenge, foi um salto no desconhecido para três instaladores Ariston, selecionados através de uma campanha mundial:OlegBelyy(28 anos, Rússia), “Andy” Huang (33 anos, China) e William Randaccio (43 anos, Itália),três homens comuns que se tornaram heróis, ao relegarem para segundo plano a sua vida privada em benefício de um objetivo maior – ajudar a abrir caminho a novas descobertas climáticas.

Ao chegar ao seu destino, a equipa da Ariston teve de superar múltiplas adversidades e contratempos inesperados devido as difíceis condições climáticas. Começou a trabalhar na Ariston Comfort Zone – uma casa modular inovadora projetada para garantir os mais altos níveis de sustentabilidade, capaz de suportar as condições climáticas mais adversas e maximizar a eficiência energética, tanto no processo de produção como nas operações diárias. A estrutura conta com uma sala de estar, um quarto, uma casa de banho e duas salas técnicas.

Não teria sido possível ter uma casa aquecida e com água quente com o máximo conforto, mesmo durante o inverno polar, sem a caldeira ALTEAS ONE da nova geração de sistemas de condensação de alta eficiência energética, que garante a máxima durabilidade e altos níveis de rendimento.

A Ariston Comfort Zone não visa apenas minimizar o impacto ambiental da equipa cientifica, mas também representa um passo fundamental para apoiar a pesquisa sobre o ecossistema do Ártico. A Equipa da Universidade de Copenhaga já está a trabalhar de forma a abrir caminho a novas descobertas no estudo das mudanças climáticas.

As paisagens espetaculares e as cores incríveis do céu do Ártico fazem parte do conteúdo desta história real, juntamente com as experiências pessoais e únicas dos membros da expedição: líderes, técnicos, instaladores e equipa científica.
Esta é uma missão com histórias cheias de sentimentos e emoções tornando-se um verdadeiro motivo de inspiração.

A missão Ariston Comfort Challengeestá disponível na forma de uma web-série de 6 episódios através da plataforma: aristoncomfortchallenge.com/pt

publicado em 1 de Janeiro às 10:05:14 por:
Entidade
ARISTON THERMO ESPAÑA, S.L. (Sociedad Unipersonal) - SUCURSAL EM PORTUGAL
Website
http://www.ariston.com
E-mail
[email protected]